Make your own free website on Tripod.com

DESPEJO PARA REPARAÇÕES URGENTES NO PREDIO

Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Vara Cível da Comarca de_______________________

 

__________________________, brasileiro, casado, agrônomo, domiciliado e residente nesta cidade, na rua ________________________, n°__________, por seu procurador abaixo-assinado (Doc. l ), vem à presença de V. Exa, para propor a presente AÇÃO DE DESPEJO contra ___________________________________, brasileiro, casado, mecânico, domiciliado e residente nesta cidade, na rua ______________________, n°_________, pelos fatos e fundamentos seguintes:

1. O Autor é proprietário do prédio sito na rua ______________________, n°__________, que se encontra locado para fins residenciais para o Réu acima qualificado, pelo valor de R$ ____________, mensais, tudo conforme prova o contrato anexo (Doc. 2);

2. Ocorre que, devido às chuvas intermitentes e torrenciais ocorridas recentemente na região, houve o desabamento de terra nas proximidades do referido prédio, causando rachaduras em suas paredes e debilitando seriamente seus alicerces;

3. Por essa razão, a Prefeitura Municipal determinou, após vistoria, a realização de urgentes reparações, conforme relatório anexo (Doc. 3);

4. Todavia, apesar de ser notificado para desocupar o prédio, o Réu vem protelando esta desocupação, colocando em perigo, além do patrimônio do Autor, a vida de sua familia e das pessoas que transitam pelo local.

Em vista do exposto, e com fundamento no art. 9°, IV, da Lei n° 8.245, de 18/10/91, requer:

a) ___________________________________

b) ___________________________________

c) ___________________________________

d) ___________________________________

Valor da causa: $ ______________

 

N. Termos

P. Deferimento

 

___________________, ____ de___________________ de 19________

 

Advogado(a)

OAB: ___________________________________

 

Nota:

Devem ser anexados os seguintes documentos:

a) contrato de locação;

b) relatório de vistoria da autoridade pública;

c) prova testemunhal.

 


DESPEJO PARA USO DO PRÓPRIO PROPRIETÁRIO QUE RESIDE EM PREDIO ALHEIO

 

Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Vara Cível da Comarca de_________________________

 

__________________, brasileiro, casado, economista, domiciliado e residente nesta cidade, na rua, ______________________, n°_________, por seu procurador que a esta subscreve (Doc, 1), vem à presença de V. Exa, para propor a presente AÇÃO DE DESPEJO contra ____________________________, brasileiro, casado, eletricista, domiciliado e residente nesta cidade, na rua __________________, n°_____, face às seguintes razões:

1. O Suplicante é proprietário do prédio residencial localizado na rua ________________, n°_____, que se encontra locado para o Suplicado acima qualificado, pelo valor de R$ ____________________, mensais, conforme faz prova com o contrato anexo (Doc. 2);

2. Ocorre que o Suplicante, por residir em prédio que não é de sua propriedade, o que prova em documento anexo, deseja retomar o imóvel locado para uso próprio, exercendo este direito pela primeira vez;

3. Todavia, por tratar-se de locação por tempo indeterminado, o Suplicado nega-se a desocupar o imóvel em questão, impedindo que o Suplicante faça sua retomada, mesmo tendo sido notificado para desocupá-lo em 30 dias (Doc. 3).

Isto posto, e com fundamento no art. 47, III, da Lei n° 8.245, de 18/10/91, requer:

a) ___________________________________

b) ___________________________________

c) ___________________________________

d) ___________________________________

Dando à presente o valor de R$ ___________

 

N. Termos

P. Deferimento

 

_______________, ____ de ___________________ de 19________

 

Advogado(a)

OAB: _________________________________

 

 

 

 

 

 

Nota:

Devem acompanhar a petição os seguintes documentos:

a) contrato de locação do Suplicante como locatário;

b) contrato de locação do Suplicante como locador;

c) prova testemunhal.