Make your own free website on Tripod.com

Exmo.Sr.Dr.Juiz de Direito da comarca de___________________________________

 

____________________ e sua mulher _________________________________, casados, brasileiros, agricultores, residente e domiciliados nesta cidade, na rua ,______________, n° _____, por seu procurador abaixo-assinado (Doc. l), vem à presença de V. Exa para requerer a presente AÇAO DE MANUTENÇAO DE POSSE, contra,_____________ ________, brasileiro, casado, agricultor, e sua mulher, domiciliados e residentes neste município, na localidade denominada,____________________, nos termos do art. 449 do Código Civil, pelos fatos e fundamentos seguintes:

 

1. Os Autores são proprietários do imóvel rural medindo,_____, m2, localizado neste município, na localidade de ____________________, conforme certidão anexa (Doc. 2), onde mantém o cultivo de hortaliças e pastagem destinada à alimentação de animais que se encontram em outra propriedade dos Autores;

 

2. Sucede que os Autores, acostumados a visitar semanalmente a referida propriedade, constataram, na última visita feita no dia ..,_____ de __________________ do corrente, que a mesma havia sido invadida por animais pertencentes aos Réus acima qualificados, residentes na propriedade que faz divisa com a sua;

 

3. Com a referida invasão, os animais pisotearam e quase exterminaram a pastagem e a horta ali existente, com elevado prejuízo para os Autores, conforme provam as fotografias indusas (Docs. 3 e 4);

 

4, Em que pese os esforços dos Autores em convencer os Réus a retirarem os animais do local e em fazer um acerto amigável dos prejuízos, os mesmos negaram-se a atender a qualquer das pretensões.

 

Pelo exposto, e com fundamento no art. 499 do Código Civil, combinado

com o art. 926 e seguintes do CPC, requerem:

a) a citação dos Réus para, querendo, contestarem a presente, sob pena de

revelia e confissão;

b) o depoimento pessoal dos Réus, sob pena de confesso;

c) a procedência da ação e a concessão, desde já, da medida liminar pré vista no art. 929 do CPC, bem como a condenação dos Réus na indenização decorrente dos danos e prejuízos constatados, custas processuais e honorários de advogado;

d) a cominação de multa aos Réus, nos termos do art, 921 do CPC, caso volte a turbar a posse dos Autores;

e) a produção de prova pericial e testemunhal.

 

Valor da causa: $ _______________..

 

 

 

N. Termos

P. Deferimento

 

___________________, _____.. de___________________ de Ì9________

 

Advogado(a)

OAB: ___________________________________

 

Rol de testemunhas:

 

Nota:

São requisitos para esta ação a prova da:

a) posse do Autor;

b) turbação praticada pelo Réu;

c) data da turbação ser de menos de um ano e um dia;

d) continuação da posse do Autor, embora a turbação.