Make your own free website on Tripod.com

A Guarda e a Educação dos Filhos, Regulado o Direito de Visita.  (CPC, art. 888, VII)

 

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA DE FAMÍLIA

 

 

Distribuir por dependência ao

processo nº 80/98

 

 

 

            LUCRÉCIA BORGES, brasileira, casada, arquiteta, residente e domiciliada na Rua 15 de Novembro nº 1.889,  por seu procurador abaixo firmado, conforme instrumento de mandato incluso, com escritório profissional na Rua Independência, 1.822, onde recebe intimações, vem, respeitosamente, à presença de V. Exa., requerer a presente medida cautelar provisional, com fundamento no art. 888, inciso VII, do Código de Processo Civil, contra LÚCIO SÉRGIO, brasileiro, funcionário público, residente e domiciliado na Rua Pedro Álvares Cabral nº 1.500, pelas razões que passa a expor:

 

            1.-       Através desse MM. Juízo, tramita a Ação de Separação Judicial, digitado sob o nº 80/98, promovida pela requerente contra seu esposo, o ora requerido.

 

            2.-       Em conformidade com a respeitável decisão exarada nos autos daquela ação, os menores Cesar Augusto e Marco Antonio, filhos do casal, foram colocados provisoriamente sob a guarda do pai, em virtude da requerente encontrar-se, na época, ausente da cidade, por motivos profissionais.

 

            3.-       Sucede que o requerido descura-se gravemente de suas obrigações paternas, pois nem instrução escolar tem propiciado aos filhos.

 

            4.-       Em contrapartida, havendo cessado os motivos de seu afastamento, a requerente voltou a fixar residência nesta cidade onde, graças à sua atividade como arquiteta, encontra-se em situação financeira e econômica estável, como demonstra com os documentos anexos.

 

            Isto posto, requer a V. Exa., com amparo no dispositivo legal acima invocado, se digne deferir-lhe a guarda dos referidos menores pois, além de poder proporcionar-lhes a insubstituível companhia materna, favorecer-lhes-á a educação através de matrícula em estabelecimento escolar.

 

            Requer, ainda, seja regulado o direito de visita do pai aos menores.

 

            Valor da causa:            R$ ...,..

 

            Nestes termos

            Pede deferimento.

 

            Local e data.

            Assinatura do procurador