Make your own free website on Tripod.com

Ação Cautelar de Busca e Apreensão Sobre Direito Autoral (CPC, art. 842, § 3)

 

Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da - Vara Cível

 

 

 

 

 

 

 

                                               LINALDO BATISTA, brasileiro, casado, advogado, residente e domiciliado na rua Florêncio Pires, n. 74, nesta cidade, em causa própria, vem perante V. Exa. propor

 

                                   AÇÃO CAUTELAR DE BUSCA E APREENSÃO

 

contra LIVRARIA FOXMAR LTDA., empresa privada com sede na rua Torme, n. 801, nesta cidade, pelo que passa a expor, e, ao final, requer:                                

 

                                               1. Escreveu livro sobre Direito Civil e o ofertou à requerida, para publicação, tendo sido acertados honorários de R$ 3.000,00, para uma edição de 2.000 exemplares, conforme contrato (doc. 1).

 

                                               Publicado o livro (doc. 2), recebeu o valor e a edição foi distribuída.

 

                                               2. Na data de ontem, verificou, na Livraria Jurídica, que o mesmo livro, com pequenas modificações na capa (doc. 3), estava sendo vendido, sem indicação de autoria, e, pela data da edição, pode constatar que era outra, que não a primeira, contratada e paga.

 

                                               Como não havia autorizado, nem havia sido consultado, sequer comunicado da nova edição, imediatamente procurou a requerida, onde recebeu evasivas, e, no máximo justificativa de que não se tratava da mesma obra.

 

                                               Evidente, à simples verificação visual, que se trata da mesma obra, indevidamente publicada.

 

                                               3. A edição está sendo distribuída e breve nada restará comprovando a fraude que comete a requerida, trazendo prejuízo certo ao requerente, na violação de seus direitos autorais.

 

                                               Há necessidade de medida urgente e preventiva, de recolhimento dos livros ainda estocados na sede da requerida, e dos originais da obra, também lá guardados.

 

                                               4. Pleiteia, por isso a busca e apreensão, como faculta o artigo 839 do CPC, acompanhados os Oficiais de Justiça de peritos que poderão comprovar a identidade entre as obras.

 

                                               Ingressará, logo após, com ação indenizatória.

 

                                               REQUER, assim,

 

                                               Seja deferida medida cautelar de busca e apreensão, nos termos do pedido, e no endereço fornecido, já autorizado o uso de força e arrombamento, se necessário.

 

                                               Seja, após, citada a requerida, para contestar, querendo, a presente ação, sob pena de revelia, e, ao final, seja tornada definitiva a entrega do material ao requerente.

 

                                               Seja a requerida condenada nas custas e honorários de advogado.

 

                                               Dá à causa o valor mínimo de alçada.

 

                                               Nestes Termos

 

                                               Pede Deferimento

 

                                               Verdes Campos, 10 de dezembro de 1997.